June 28, 2008

Sou doutor, mas não faço consulta médica!

Olá, pessoal!

Acabou! Trabalho concluído! Tese defendida! E título de doutor no nome!

Para falar a verdade, não acredito que o título em si seja o mais importante. Acho que o que realmente faz a diferença é o que vi, estudei, pensei e fiz durante o período de 4 anos do doutorado. E a piada é que quando fui chamado de Dr. Luiz pela primeira vez, perguntaram também qual era o preço da consulta, o melhor remédio para uma dorzinha de garganta, uma manchinha na pele, etc. Bem... "Dá para simular???", eu respondi.


Esses últimos dois meses foram bastante turbulentos e não teve k-epsilon (ou SST) que me ajudasse. A finalização da escrita, apresentação e os detalhes da vinda do Prof. Jasak (leia Iasak) ao Brasil tomaram meu tempo. Acho até que esse último foi o que me deixou mais ansioso, pois teria um convidado internacional na banca, eu teria que apresentar o meu trabalho em inglês e eu queria (e exigia) fazer isso direito!

No final das contas tudo correu muito bem. Consegui apresentar a minha tese com calma, passando por todos os detalhes do meu trabalho e conectando os assuntos de forma a ficar tudo coerente e didático. Não pude evitar uns dois ou três tropeços no inglês, mas nada que fosse crítico. Fiquei satisfeito com o resultado.


Durante a argüição, fiquei mais tranquilo ainda e os membros da banca disseram que gostaram do trabalho desenvolvido e suas dúvidas (que foram poucas) foram prontamente respondidas. Mas o que eu mais gostei foram as sugestões propostas pela banca. Gostaria de compartilhar uma das sugestões com vocês:
Quando fizer uma revisão bibliográfica sobre algum tema em que o laboratório (ou empresa, instituto, etc) esteja atuando, não esqueça de incluir os trabalhos do seu grupo no texto. Por exemplo, eu fiz uma revisão sobre simulações em colunas de borbulhamento e, apesar de não ser diretamente aplicada ao meu trabalho de tese, disse que isso é o alvo da pesquisa do meu grupo (LTFD/PEQ/COPPE/UFRJ). Mas não citei nenhum trabalho do grupo. Putz, que furo!
Lembre-se de colocar uma revisão com o histórico dos trabalhos do seu grupo referentes ao assunto revisado. Isso vai ajudar ao leitor a entender melhor o porque e a necessidade do seu trabalho para os avanços da pesquisa do grupo.
Eu vou fazer essa modificação (e outras) para a versão final do documento da tese. Posso dizer que estou muito mais tranquilo agora, depois que tudo já acabou (e acabou muito bem!).

Por fim, gostaria de agradecer ao meu orientador e amigo Paulo Lage, a todos que apoiaram o meu trabalho, aos membros da banca, aos que conviveram (pessoalmente e virtualmente) comigo nesse período de tese, aos leitores do Notas e seus comentários. In special, I would like to thank very much Dr. Jasak who, during two weeks among us, helped, advised and taught me many things (related to CFD or not). I can tell you that you left in Brazil not only a "new born" doctor, but a friend as well. Obrigado a todos.

Tiras em quadrinhos retirados do site: http://www.phdcomics.com/

2 comments:

  1. Leio o seu blog com muito gosto visto estar a comecar no mundo do CFD. Muitos parabéns pelo new born doctor :).
    Um grande abraco.

    ReplyDelete
  2. Olá, Litos!

    Agradeço o comentário e seja então muito bem vindo ao mundo CFD. Espero que goste!

    Forte abraço!

    ReplyDelete