May 14, 2009

LaTeX

Quem desenvolve ciência, certamente necessita escrever o que desenvolve (ok, você "necessita" não significa que esteja em dia com isso, mas deixamos isso debaixo do tapete, certo ?).

Como você escreve textos científicos ? Word ? Esqueça. O texto científico com formatação de alta qualidade deve ser feito em LaTeX.

De forma simplificado, podemos definir o LaTeX como uma linguagem de marcação criada para escrever texto formatado a partir de texto não formatado.

O que há de errado com as alternativas ?
  • Quem usa muita equação matemática, vê a diferença. O visual das equações matemáticas em LaTeX é muito superior do equivalente nos editores de texto tradicionais.
  • Em LaTeX você escreve o texto sem se preocupar com a formatação, depois ajusta o estilo. É muito mais fácil, muito mais simples de proceder durante o ato de escrever.
  • O LaTeX é texto puro. Completamente compatível com qualquer coisa.
  • Copiar/Colar nunca falha.
  • O texto longo com muitas equações e referências cruzadas nunca corrompe (é texto puro, lembra ?).
  • Não há chance de esquecer alguma referência na lista de referências.
  • Se alguém pedir para incluir um equação no meio do texto, a renumeração será automática, inteligente, funcional e não haverá chances de erros (o mesmo vale para tabelas, figuras, seções, etc).
  • Existe template em LaTeX para todos os artigos científicos em revistas e congressos internacionais (feitos lá fora, pelo menos).
  • Recentemente, os principais congressos internacionais ou nacionais realizados no Brasil também estão fornecendo templates em LaTeX.
  • Você passa mais tempo escrevendo do que reclamando da Microsoft.
Eu tenho mais argumentos, mas vou presumir que esses foram suficientes, se ainda não estiverem motivados, me avisem nos comentários.

Estou convencido, mas o que isso CFD e LaTeX têm em comum ?

Quando se escreve algo que envolve CFD, escreve-se muitas equações. MUITAS MESMO. Meu exame de qualificação do doutorado teve mais de 300 equações escritas. Sem contas as 53 figuras.

Pense bem, quanto tempo você levaria para rearrumar um texto que seja necessário incluir uma única equação entre a primeiras do documento ? Você quer estudar CFD ou contar equação ?

E nem me diga que o Word possui capacidade de ajustar automaticamente também, porque essa capacidade não funciona quando se tem 300 equações. Temos vários pontos amostrados no lab de quem tentou escrever teses e dissertações em Word e não dava certo.

CFD também envolve figuras. Ajustar as figuras no texto é sempre muito chato em um documento Word, porque a legenda sempre teima em ficar na página seguinte a da figura. Com o LaTeX isso nunca acontece.

Como começar ?

Antes de mais nada você precisa instalar o LaTeX no seu computador.

Se usa o GNU/Linux isso você instala os pacotes que iniciem por texlive- ou tetex- e o mais relevante de tudo será instalado (não inclua os pacotes de linguagens desnecessários a você). Veja um exemplo para sistemas baseados em Debian, no wiki do vimbook. A forma que eu prefiro consiste em instalar o Kile e todos os pacotes recomendados (pelo Synaptics no Ubuntu, isso é o comportamento padrão, em outras distribuições pode requer adicionar mais algum pacote. Leia sobre pacotes recomendados pelo Kile no programa de instalação da sua distribuição). Por sinal, o Kile é uma IDE para edição de textos em LaTeX que eu recomendo para todos que não possuem uma familiaridade muito grande com os comandos em LaTeX, pois ele deixa os comandos acessíveis por ícones clicáveis. Outra alternativa (ainda que eu mantenha a sugestão de instalar o Kile) é utilizar o plugin de LaTeX para o gedit (em algumas distribuições existe um pacote especial para instalar esse plugin. Plugins no gedit trabalham de forma complementar, portanto, não deixe de avaliar os demais existentes.).

Para Windows pode-se usar o MiKTeX, de fato eu não possuo qualquer experiência com relação a uso de LaTeX no Windows, mas experiência de terceiros com esse programa parece bem produtiva. Há outras interfaces ? Sim, mas como eu não conheço nenhuma, deixo para os que conhecem divulgarem nos comentários.

Tudo instalado, como começar a escrever ?

Escrever o básico em LaTeX é muito fácil. Especialmente porque não requer quase nenhum conhecimento sobre a linguagem em si. É apenas texto. Quero dizer, abra seu editor de textos puro predileto (gedit/kate/vim/Bloco de notas) e escreva.

Mas a verdade é que todos os autores desejam fazer algo além de texto puro. Usar negrito, itálico, títulos, etc.
Além de inserir figuras, equações, tabelas, etc.

Para tal segue algumas referências existentes na internet:
Insista e divulgue sua experiência

Há dois tipo de pessoas, as que desistem rápido, achando que não tem tempo para aprender, e as que insistem. O problema é que no meio acadêmico ninguém tem mesmo tempo. O tempo é curto para tudo. Tudo que eu posso dizer é: insista. Supere as dificuldades dos primeiros documentos e insista. Tão logo a curva de aprendizado inicial seja ultrapassada, tudo fica muito mais simples, muito mais produtivo.

No fim, divulgue sua experiência. Seja ela qual for. Isso contribui para avaliar o prós e contras e ajuda a formar opinião e a superar a barreira que divide os crédulos dos incrédulos. Sim, porque tem gente que não acredita quando eu digo nas referências bibliográficas não há citações faltando (entenda, todas as citações mencionadas no texto estão no final do arquivo. Qualidade do texto é outra história.) ou quando eu digo que posso adicionar uma equação no meio do texto facilmente e sem problema algum.

13 comments:

  1. cara, excelente; primeiro o vim, agora o latex, só falta o gnuplot para fechar o pacotão de ferramentas essenciais ;)

    ReplyDelete
  2. FURB de Blumenau também aderindo ao LaTex!
    Obrigado, tche. Belo post; acredito que vai dar aquele toque no meu TCC.

    ReplyDelete
  3. Trabalhar com editores de texto em TeX é realmente excelente. Quanto às interfaces para Windows, já trabalhei com a Winshell e WinEdt. Esta última é muito boa, e pelo que já ouvi de outros usuários é realmente a melhor para Windows (apesar de grande desvantagem de ser paga...). De qualquer forma, ainda assim nem se compara ao Kile, que de longe é melhor...

    Abraços!

    ReplyDelete
  4. Fontana, obrigado pelas dicas...

    Aproveito para colocar aqui as urls dos dos programas que você indicou, para o caso de alguém querer testar.

    WinShell - http://www.winshell.de/
    WinEdt - http://www.winedt.com/

    Seu comentário final me faz lembrar que é possível rodar o Linux dentro do Windows (com o VirtualBox ou VMWare), assim quem quiser provar apenas o Kile pode optar por essa escolha.

    VirtualBox - http://www.virtualbox.org/
    VMWare - http://www.vmware.com/download/

    Com uma instalação reativamente de 2GB é possível obter todo o poder do Linux e com ele do Kile.

    Um abraço

    ReplyDelete
  5. Jonathan,

    as vezes uma dificuldade que se encontra nas universidades são os professores e orientadores. Infelizmente, nem todos estão dispostos a aprender LaTeX...

    Mas é sempre muito bom saber que uma outra universidade está utilizando o LaTeX. Porque, nesse processo, vários congressos nacionais o fazem também.

    ReplyDelete
  6. Mitre,
    por sorte temos um baita corpo docente em EQ aqui, o que faz nosso grupo de CFD vir se consolidando.
    Alguns artigos sobre escoamento gás-líquido e gás-sólido (Meier, H.F.; Mori, M.; Noriler, D.; Decker, R.K.; Barros, A.A.C.) já foram publicados nesse formato, além das dissertações e teses que vindas da Unicamp.
    Tentarei agora inaugurar na graduação, ainda que o prazo vem se acabando. hehe
    Aquele abraço!

    ReplyDelete
  7. Fundamental para sobreviver com Latex no windows:

    TexnicCenter - http://www.texniccenter.org/

    Miktex - http://miktex.org/

    Abntex - http://abntex.codigolivre.org.br/

    Jabref - http://jabref.sourceforge.net/

    Este ultimo salvou minha alma na organização das referencias do meu trabalho

    ReplyDelete
    Replies
    1. Muito bom também é o
      TeXstudio http://texstudio.sourceforge.net/

      Delete
  8. O Jabref é realmente um programa espetacular...

    Já o Abntex, eu não defendo tanto assim...

    ReplyDelete
  9. (o vim tb é muito bom)

    alguém conhece/já usou esse recurso?

    http://tex.uncg.edu/about.html

    a idéia é bem interessante: tendo arquivos latex no googledocs (para edição colaborativa), esse 'spartantex' compila-o, criando PDFs;

    (e, sim, na unicamp tb se usa latex ;)

    ReplyDelete
  10. Eu mesmo uso o vim hoje em dia, mas tenho que admitir que para alta produtividade, a curva de aprendizado do vim não é fácil... no meu blog pessoal (que você encontra na barra lateral desse blog) eu narrei a saga que passei para implementar todos os recursos que desejei no vim (e ela ainda não é uma saga completa).

    Eu nunca usei o recurso que apresentou... mas achei muito interessante mesmo. Porém, eu ainda prefiro o svn para esse tipo de edição.

    [ ]'s

    ReplyDelete
  11. Eu usava o TexMaker até descobrir o TexMakerX, o irmão mais velho turbinado...
    Realmente adorei, cheio de recursos, corrige alguns bugs do original além de permitir uma personalização muito maior.
    Ahhh, trabalha beleza com "dark themes"

    ReplyDelete